Hot Park
Notícias
Presidente da Goiás Turismo responde perguntas de radialistas de cidades turísticas
Publicada em: 27/09/2019

Fabrício Amaral falou sobre projetos de sua pasta durante  programa das rádios RBC AM e FM em cadeia com  emissoras do interior  


O presidente da Goiás Turismo,  Fabrício Amaral, nesta  sexta-feira, 27,  concedeu entrevista ao programa "Fala Goiás em Rede", das rádios Brasil Central AM e RBC FM, onde respondeu perguntas de radialistas de Goiânia e de  12 cidades  turísticas  sobre os projetos  da  sua  pasta para   regiões dos entrevistadores.O programa, apresentado por Josiel Meneses, Débora Orsida e Viviane Gontijo,   foi  retransmitido pelas emissoras  dos locutores que participaram da entrevista.


Concorrendo

Durante o programa, Fabrício Amaral contou que o  projeto  Praia Acessível, da Goiás Turismo, está concorrendo a dois prêmios nacionais: o Prêmio Braztoa e o prêmio do Ministério do Turismo na área social.  O Praia Acessível foi lançado em julho passado pela Goiás Turismo, durante a apresentação do Juntos pelo Araguaia em solenidade na divisa entre Aragarças (GO) e Barra do Garças. Foram entregues 14 cadeiras de rodas anfíbias aos municípios para serem utilizadas pelos turistas com deficiência durante a Temporada do Araguaia. Foram contemplados os municípios de Baliza, Aragarças, Aruanã, Britânia, São Miguel do Araguaia, Nova Crixás e Mundo Novo.  

 


Confecções e aeroporto

Em resposta a Divino Rodrigues, da Rádio Campinas de Goiânia, que questionou ações para fortalecer o polo de confecções da Região da 44, Fabrício Amaral anunciou a internacionalização do Aeroporto Santa Genoveva, que passará a receber voos oriundos de outros países. “Já entrei em contato com a (companhia aérea portuguesa) TAP e mais duas outras empresas do setor. Sabemos que a Região da 44 recebe compradores até do exterior, como Moçambique e Angola”, afirmou. Parque de Terra Ronca

 


Cavernas

Ivon Valente, da rádio Cultura FM de Posse, perguntou sobre os projetos para a região de Águas e Cavernas do Cerrado, no Nordeste Goiano. Fabrício Amaral lembrou que o Parque Estadual de Terra Ronca é o maior complexo de cavernas da América Latina. “São mais de 500 cavernas”, destacou. A proposta, segundo ele, é integrar, sob o ponto de vista turístico, o Parque de Terra Ronca com a Chapada dos Veadeiros. Contou que, por meio de uma parceria da Goiás Turismo com o Rally Sertões, será realizada uma expedição em Terra Ronca para cerca de 40 pessoas da área do turismo do País, visando divulgar as belezas da região.

 

Chapada dos Veadeiros


Lineu Garcia, das rádios Rural FM de São João D‘Aliança e Rural FM de Alto Paraíso questionou sobre os recursos anunciados pelo Ministério do Turismo para a Chapada dos Veadeiros. Conforme o presidente da GoiásTurismo, o Projeto Investe Turismo começou em abril de 2019 e vai até abril do próximo ano. Os consultores estão realizando o treinamento dos empresários da região. O próximo passo é levá-los às feiras para comercializar seus produtos turísticos. “Alto Paraíso é hoje nosso cenário internacional”.De acordo com Fabrício Amaral, Goiás tem três destinos internacionais importantes: Parque Nacional das Emas, Brasília/Caminho de Cora Coralina (um novo produto) e, disparado, Brasília/Chapada dos Veadeiros. Hoje a Chapada já é um destino internacional, mas é preciso capacitar mais o setor para receber os turistas estrangeiros, defendeu. Até abril do próximo ano vão acontecer feiras e exposições para comercializar o produto Chapada nos mercados nacional e internacional, adiantou.



Caminho de Cora  

Pastor Moisés, da Rádio Serra FM de Corumbá de Goiás, perguntou sobre as ações de melhoria no Caminho de Cora Coralina, que começa no município. Fabrício Amaral informou que assinou protocolo, na sexta-feira passada, 20, no Ministério do Turismo, para que Goiás receba R$ 1,5 milhão. Esses recursos, mais outros R$ 1,5 milhão oriundos de emendas parlamentares dos deputados

Voltar Contato Diminuir Texto Aumentar Texto

Promoções

Participe

Cinema

Em Cartaz

Vídeos

Assistir